MANÁ PRODUÇÕES E A MAIOR EXPOSIÇÃO AO AR LIVRE DA AMÉRICA LATINA

Os cartunistas fazem parte da mostra 'Direito do Avesso/ Avesso do Direito" promovida pela União Geral dos Trabalhadores (UGT) em São Paulo. “Busco um humor ácido, que nos traga desconforto", avisa Angeli

 

A exposição Maio na Paulista, que celebra o primeiro de maio, volta à cidade com Laerte e Angeli. A dupla fez 30 charges - discutindo temas como direitos humanos, eleições, saúde pública, igualdade de raças e uso de agrotóxicos  - que ocuparão 1 quilômetro da Avenida Paulista, o centro empresarial da cidade de São Paulo. “Busco um humor ácido, que nos traga desconforto. Uma crítica dura como um soco no estômago. Seco e certeiro. E que nos leve a refletir sobre os rumos e o comportamento da sociedade em que vivemos”, avisa Angeli. Já Laerte complementa: “Sinto que, com o nosso trabalho, a gente conecta coisas muito modernas a coisas muito antigas; e que isso é algo que precisa ser feito.”

 

A mostra, tradicional no calendário da cidade, acontece desde 2015 e foi criada pela Maná Produções, Comunicações e Eventos com curadoria de Mônica Maia e Fernando Costa Netto da DOC Galeria. Em 2018, Carla Caffé e Guto Lacaz foram os convidados. Este ano, a expo se torna itinerante e acontecerá também nas Casa de Cultura do Butantã, na Casa de Cultura da Vila Guilherme, o Casarão, no Centro de Convívio de Cultura da Vila Mariana e na Galeria Prestes Maia. “Laerte e Angeli nos alegram com suas charges modernas e inovadoras. Ao mesmo tempo, nos fazem refletir sobre a sociedade em que vivemos, com problemas como o desemprego e a desigualdade”, explica o presidente da UGT, Ricardo Patah. “Eles nos fazem rir das nossas desgraças, cada um com seu humor inquieto e criativo”, completa Francisco Pereira de Sousa Filho, Secretário de Organização e Políticas Sindicais da UGT.